• Sofia Botelho

Dezembro em Ítaca: bordados e inspirações

Atualizado: Jan 12


Dezembro é o meu mês favorito. Adoro o ar de fim de ciclo do mês, os rituais para o Natal, as retrospectivas do ano que passou, a celebração das amizades e o aconchego que se materializa em aromas e sabores dos panetones, rabanadas e pavês. Para mim dezembro tem cheiro de gengibre e canela. É também o mês do meu aniversário, por isso sinto ainda mais forte a sensação de conclusão e de renovação. Sempre reflito muito sobre onde estou e para onde vou nessa época do ano. Este ano, tão atípico, não tem sido diferente.


Desde o primeiro dia do mês tenho prestado mais atenção ao que se passa em mim. Às vezes, essa reflexão gera alguns resgates. Passei o ano inteiro com a intenção de bordar, com saudades de ouvir aquele leve estalo da da agulha atravessando o tecido. Não bordei ao longo de 2020, mas logo que dezembro chegou resgatei do fundo das gavetas algumas necessaires que havia comprado com o intuito de bordar motivos e decorá-las.

O próximo passo foi revisitar a minha coleção de livros da minha bordadeira favorita, a japonesa Yumiko Higuchi. São livros que me fazem feliz a cada virar de página, com toda a delicadeza de sua estética minimalista, moderna e lúdica. Os três livros que tenho na minha coleção atualmente são: Embroidered Botanicals: Beautiful Motifs That Explore Stitching with Wool, Cotton, and Metallic Threads , A Year of Embroidery: A Month-to-Month Collection of Motifs for Seasonal Stitching e Zakka Embroidery: Simple One- and Two-Color Embroidery Motifs and Small Crafts . Estes livros são verdadeiros tesouros. Prometo fazer um post falando um pouquinho sobre cada um deles.

O curioso é que a última vez que bordei também foi em dezembro do ano passado, quando bordei um risco de tema natalino para decorar a minha casa.


Escolhi três riscos da Yumiko Higuchi para bordar. Passei os riscos para as necessaires, selecionei as cores e comecei a empreitada do bordado Comecei a bordar o risco de uma árvore florida bem estilizada. Como não temos uma árvore de Natal em casa, penso que esta será a minha árvore — bordada, ao invés de montada. Feita de correntinhas, nós franceses e margaridas. Seus enfeites, as flores.

Este foi meu primeiro post do que espero ser uma série especial de posts como contagem regressiva para o Natal. Espero que vocês gostem de acompanhar a minha jornada por dias tão especiais. Também adoraria saber o que vocês estão criando por aí, presentes para pessoas queridas, projetos que há muito desejavam tecer... Vou adorar saber!


Dica do dia

A cada post vou compartilhar os meus favoritos de dezembro. Desta vez, quero recomendar os Vlogmas da Cris Kemi no Youtube. São uma série de vídeos que ela está fazendo registrando o seu dia-a-dia até o Natal. A Cris mora na província de Kanagawa, no Japão, e é uma tricoteira e costureira muito talentosa! Adoro acompanhar os seus vídeos, os projetos que ela está tecendo e costurando e o seu olhar tão singular sobre a vida e sobre o universo feito à mão.

Volto em breve!

Um abraço,


Sofia

73 visualizações

©2020 por Ateliê Ítaca.

Todas as fotos e textos publicados são produzidos por Sofia Botelho, do Ateliê Ítaca, exceto quando sinalizado.