• Sofia Botelho

Cachecol Abraço

Atualizado: Jul 17


Estamos em meados de julho. Em Brasília, os ipês florescem um tanto confusos, erráticos, sem noção do tempo — tal como nós estamos também, em meio à pandemia. Nestes tempos de isolamento, sinto falta de tomar chá e crochetar em uma cafeteria da cidade, de encontrar os amigos, de almoçar aos domingos na casa dos meus pais, de brincar com as gatas da minha irmã, de fazer piquenique no Jardim Botânico em boa companhia... Mas o que sinto mais falta mesmo é dos abraços. Ao finalizar o projeto de crochê de hoje e colocá-lo ao redor do meu pescoço, senti uma sensação semelhante ao aconchego e ao calor de um abraço. Por isso, não poderia nomeá-lo de outra forma!


Quando vi os fios da Aurora pela primeira vez, fiquei encantada com sua beleza. Tive certeza que precisava experimentá-los no momento em que ouvi a história e o propósito da marca nesta entrevista da Vivi com a Érica Arrué Dias, idealizadora da Aurora. Os fios da marca são produzidos no pampa gaúcho e são fiados na roca manual, valorizando os métodos ancestrais e artesanais da produção da lã. No rótulo de cada novelo é possível encontrar, escrito à mão, o nome da fiandeira que o fiou. Sua origem 100% manual pode ser observada na irregularidade da espessura do fio. Ao trabalhar com os fios da Aurora, busquei valorizar esse aspecto singular do fio, repleto de história e de saber feminino.

Cachecol Abraço

O inverno é minha estação do ano favorita. Infelizmente, vivendo em pleno cerrado, só posso curtir o friozinho em junho e julho. Estamos em meados de julho e o calor e a seca já se anunciam. Logo, resolvi fazer um cachecol para me aquecer e aconchegar nestes dias de despedida do frio e pretendo usá-lo o máximo possível. Do jeito que eu gosto: bem agasalhada, aconchegada, com uma xícara de chá em uma mão e um projeto de crochê na outra!


Vamos à nossa receita?

Materiais

  • Duas meadas Ana da Aurora [Composição: 100% lã merino]. Cor do modelo: Erva-mate.

  • Agulha de crochê 8mm

  • Agulha de tapeçaria

  • Tesoura

  • Um cházinho aconchegante

Você pode experimentar a receita com outros fios de espessura adequada à uma agulha de 8mm. É só observar as indicações de comprimento da receita e fazer as adaptações necessárias.


Abreviações:

corr: correntinha

pa: ponto alto

mpa: meio ponto alto

Observações:

  • A trama do cachecol é construída a partir do cruzamento de dois pontos altos, formando um desenho em "X". Ou seja, você irá trabalhar da seguinte maneira: pule um ponto da carreira de base, faça um 1pa, volte no ponto que você pulou e faça um ponto alto.

  • As duas correntinhas de subida no início de carreira são consideradas como um ponto. Em outras palavras, você sempre terminará as carreiras fazendo 1 meio ponto alto na segunda corr de subida da carreira anterior.

  • Dimensões finais do cachecol: 92cm x 14cm

  • Como falei anteriormente, a irregularidade é uma característica da lã fiada à mão. E é justamente isso que deixa o nosso projeto com um resultado final mais bonito, interessante e singular! Por isso, não se desespere: nos primeiros pontos você pode estranhar a irregularidade, mas logo você se acostuma e curte o processo de crochetar com uma lã tão repleta de histórias.

  • Você pode encontrar as lãs da Aurora na Casa da Vivi.


Receita


Com agulha de crochê 8mm, faça 64 corr. Seu cordão de base deve ter aproximadamente 80cm de comprimento.


Carreira [1]: Faça 1 pa na quinta corr a partir da agulha. Volte na quarta corr e faça 1pa. Você acaba de fazer o seu primeiro conjunto de dois pontos altos cruzados. Siga fazendo o mesmo padrão: pula uma corr, faça 1 pa na próxima corr, volte na corr que você pulou e faça 1 pa cruzado. Ao chegar na última corr do cordão de base, faça 1 pa simples.


Carreira 1: passo a passo dos dois pa cruzados


Na última corr do cordão de base, faça 1 pa simples.


Carreira [2]: Faça duas corr de subida e vire o trabalho. Pule um ponto, faça 1 pa no ponto seguinte, volte para o ponto que você pulou e faça 1 pa cruzado sobre o primeiro. Siga fazendo pontos altos cruzados ao longo da carreira. Ao chegar no final da carreira, faça 1mpa na segunda corr de subida da carreira anterior.


Carreira 2


Para finalizar a carreira, faça 1mpa na 2a corr de subida da carreira anterior.


Carreiras [3-6]: Repita a carreira 2.


Corte o fio e arremate.


O toque final: as franjas

Para fazer as franjas, corte pedaços de fio de aproximadamente 18cm e coloque-o em uma agulha de tapeçaria conforme a foto.

Insira a agulha na borda do trabalho. Retire a agulha de tapeçaria. Pegue as duas "perninhas" livres e passe-as por dentro do aro. Puxe-as bem. Depois é só aparar as pontas do tamanho que você preferir!


Prontinho! Seu cachecol já está pronto para te abraçar e te aquecer neste inverno.

Cachecol Abraço

Se você postar o resultado, não esqueça de usar as hashtags #fizemitaca e #cachecolabraço , vou adorar ver as peças de vocês!

0 visualização

©2020 por Ateliê Ítaca.

Todas as fotos e textos publicados são produzidos por Sofia Botelho, do Ateliê Ítaca, exceto quando sinalizado.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now