• Sofia Botelho

Bem-vindo a Ítaca

Atualizado: Abr 19

"Uma bela viagem deu-te Ítaca" - Constantino Kavafis

Olá! Aceita uma xícara de chá? Sente-se aqui, vou te contar a história desse blog. Estou muito feliz por finalmente lançá-lo! Há muito tempo tinha o desejo de criar um blog craft, mas não estava muito certa se as pessoas ainda têm o hábito de acessar e ler blogs. No entanto, diante das atuais circunstâncias da quarentena, passei a refletir muito sobre meus objetivos e propósito com o Ateliê. Cheguei à conclusão de que a melhor forma de sermos autênticos e ganhar um espaço no mundo tão plural da internet é sendo verdadeiros com nós mesmos. Formada em Letras, sempre tive paixão pelas palavras, por escrever e ler. No mundo craft, prefiro acompanhar receitas escritas a vídeos, acesso com frequência blogs (depois vou indicar os meus favoritos!) e sempre que as newsletters de blogs que eu adoro chegam na minha caixa de entrada eu sinto um quentinho no coração - tal qual aquele quentinho que sentimos quando uma carta de alguém especial viaja de longe e chega em nosso lar. Assim, percebi que nada seria melhor para mim e para o Ateliê do que um blog! Também tenho sentido muita vontade de escrever e me conectar com as pessoas por meio das palavras, ainda mais nesses tempos de isolamento social. Espero que esse espaço faça tão bem para você quanto imagino que ele fará para mim!


Foto por Julia Salustiano

Se você ainda não conhece o meu trabalho, muito prazer! Me chamo Sofia e até hoje tenho compartilhado meus trabalhos de crochê, bordado e tricô no meu instagram @atelieitaca . Comecei a mergulhar no universo dos trabalhos manuais em meados de 2012, quando estava enfrentando um período difícil de depressão. Desde então, esse universo e todas as suas constelações foram crescendo dentro de mim como o Big Bang e me tomaram por inteiro. Recentemente fiz uma transição de carreira - era professora de inglês - e tenho me dedicado integralmente às manualidades. Atualmente, trabalho em uma loja ateliê super fofa e aconchegante em Brasília, a Casa da Vivi. Também sou integrante de um podcast chamado Chá com Novelos, no qual eu e minhas amigas @amandaourofino, @fernandavallu e @tece.le compartilhamos nossa paixão pelos fios e chás, suas intersecções e o que eles nos proporcionam.


Muitas pessoas me pedem para contar a história por trás do nome do ateliê. Ítaca é uma ilha grega célebre na literatura por ser a terra natal de Ulisses, personagem da Odisseia de Homero. Mas a figura que me inspirou a olhar para Ítaca não foi Ulisses, mas sim Penélope, sua esposa e rainha. Segundo a Odisseia, em vista da demora de Ulisses em retornar à sua terra natal, os homens poderosos de Ítaca desejavam se casar com Penélope. Ela, muito sábia, promete casar-se assim que terminar de tecer um sudário para Laerte, pai de Ulisses. Todos os dias, ela tecia a peça. Porém, à noite, ela desmanchava o trabalho, e retomava do mesmo ponto no dia seguinte, à espera de Ulisses. Essa é a musa do Ateliê! No entanto, se eu colocasse o nome do Ateliê como Penélope, muitas pessoas iriam achar que era o meu nome, não é mesmo? Ou logo mencionariam a Penélope Charmosa rsrs! Então comecei a pensar no nome Ítaca. Imaginei o ateliê como um espaço para o saber pautado no protagonismo feminino, o saber das manualidades. Esse saber me conecta às mulheres que vieram antes de mim, em um nível histórico e pessoal, pois também é uma conexão com minhas avós costureiras, que não conheci em vida e conheço agora pelas tramas dos fios. Ítaca, um nome advindo da literatura para o ateliê de uma crocheteira formada em Letras, pareceu-me apropriado! Ah, mas Ítaca é também um símbolo que conecta lar e a viagem. Para mim, as manualidades são também isso: uma jornada para o espaço sagrado do lar ao mesmo tempo em que viajo mundo afora, em minhas inspirações e aspirações. Enfim, ainda estou descobrindo todas as ressonâncias desse nome na minha jornada. Como explica o poeta greto Constantino Kavafis:


Se partires um dia rumo a Ítaca
faz votos de que o caminho seja longo
repleto de aventuras, repleto de saber.
[...]
Tem todo o tempo Itaca na mente.
Estás predestinado a ali chegar.
Mas não apresses a viagem nunca.
Melhor muitos anos levares de jornada
e fundeares na ilha velho enfim,
rico de quanto ganhaste no caminho,
sem esperar riquezas que Ítaca te desse.
Uma bela viagem deu-te Ítaca.
Sem ela não te ponhas a caminho.
Mais do que isso não lhe cumpre dar-te.
Ítaca não te iludiu, se a achas pobre.
Tu te tornaste sábio, um homem de experiência.
e, agora, sabes o que significam Ítacas."

Tradução José Paulo Paes


Foto por Julia Salustiano

Espero que você aprecie a jornada! Por aqui, quero postar não só receitas, mas também minhas divagações, inspirações e o que mais for encontrando no caminho. Tudo ligado ao universo craft, que está bordado na minha essência. Você também pode assinar a newsletter, para receber mensalmente uma cartinha preparada especialmente para você.



Obrigada pela visita. Volte sempre! Estarei aqui, em Ítaca, para te receber.






181 visualizações

©2020 por Ateliê Ítaca.

Todas as fotos e textos publicados são produzidos por Sofia Botelho, do Ateliê Ítaca, exceto quando sinalizado.